A construção de um ambiente hostil

A peça, escrita em 1971, coloca em cena a jovem Irina e a Madre, rodeadas por lobos, neve e um misterioso vírus das estepes, que estão exiladas na Sibéria, pois cometeram um crime: mudaram de sexo.

 

Para a estrutura cênica se criou uma instalação composta por tubos insípidos suspensos que separam o espaço de dentro da casa, onde se encontram as personagens, e o de fora, ameaçador. Os tubos se impõem como interferências, mas não exatamente como barreiras, ao olhar do espectador. Dialogando com os recortes da luz que marca o espaço.

Building a hostile environment

The play, written in 1971, portrays young Irina and Mother, surrounded by wolves, snow and a mysterious steppe virus, who are exiled in Siberia, because they have committed a crime: they have changed their sex.

For the scenic structure was created an installation composed of suspended insipid tubes that separate the space inside the house, where the characters are, and the outside, menacing. The tubes impose themselves as interferences, but not exactly as barriers, to the viewer's gaze. Dialoging with the cutouts of light marking the space.

◉ Sesc Copacabana / 2015
 

◢ Direção: Fabiano de Freitas

◢ Cenário: Pedro Paulo Souza

❋ Prêmio: Melhor Cenário - Questão de Crítica 2015

1/2